reforma simples

Como fazer uma reforma simples antes de alugar seu imóvel

Se você acompanha nosso blog, sabe que existem algumas medidas que podem ajudar a alugar seu imóvel mais rapidamente. Uma delas é a que iremos tratar mais a fundo neste texto — a execução de uma reforma simples. 

Quando falamos em reformas simples, o objetivo é que elas sejam realmente fáceis, sem a necessidade de quebrar paredes e pisos, por exemplo. Diversas ações menores podem ser realizadas para dar uma nova cara ao imóvel e torná-lo mais atrativo para locatários em potencial, e é isso que você irá aprender conosco.

Na sequência deste texto, a Adriano Imóveis explica por que é importante fazer uma reforma simples antes de alugar e ainda dá dicas de como você pode fazer isso. Continue lendo e descubra!

 

Por que fazer uma reforma simples antes de alugar?

Entre melhorias e técnicas de home staging, há muito que pode ser feito para que um imóvel, que já é bom, fique ainda melhor. E essa é a melhor forma de fazer com que ele seja alugado mais rapidamente — principal objetivo da maioria dos proprietários que buscam alugar um de seus imóveis.

E é exatamente por isso que é tão importante fazer uma reforma simples antes de alugar. Se o seu objetivo é encontrar um inquilino o quanto antes, saiba que é esse tipo de melhoria que pode fazer com que seu imóvel se destaque em meio a um mercado com tantas opções.

 

Dicas para uma reforma simples

Antes de partirmos para as dicas, é importante deixar claro: você não precisará quebrar nada nem fazer investimentos absurdos para colocá-las em prática. Todas as medidas são realmente simples. Acompanhe:

 

1. Piso laminado

Quando falamos em reformas, uma das piores partes é, sem dúvidas, a troca do piso. Ela causa todo um transtorno, impedindo até mesmo que as pessoas circulem pela casa. Mas há uma ótima solução para trocar o piso sem nenhum problema: a aposta nos pisos laminados.

Eles funcionam como uma espécie de adesivo, podendo ser aplicados diretamente em cima do piso antigo. É possível escolher entre uma variedade de modelos, sendo que os mais conhecidos são os que simulam pisos de madeira.

 

2. Pintura do imóvel

Uma boa pintura e na cor certa tem o poder de criar uma excelente primeira impressão. No entanto, recomendamos um cuidado especial na hora de escolher as cores, pois elas conseguem mudar radicalmente a aparência do ambiente.

Na hora de escolher as cores para pintar cômodos pequenos, por exemplo, uma dica valiosa é investir em tons mais claros. Eles refletem mais a luz, melhorando a luminosidade e transmitindo a sensação de amplitude do ambiente.

O branco, apesar de não transmitir muita personalidade aos cômodos, é a cor mais usual e fácil de ser mantida pelos inquilinos. 

 

3. Papel de parede

Outra possibilidade é a dos papéis de parede. Se você acha que algum dos cômodos pode ter mais personalidade mas não quer ter que comprar uma tinta e passar por todo um processo de pintura, basta comprar um papel de parede que combine com o ambiente para dar um aspecto diferenciado a ele.

Sua atuação também pode ser mais prática do que visual. Caso alguma parede não esteja com um aspecto muito bom, a tinta esteja velha ou haja algumas manchas, um bom papel de parede pode ser usado para esconder tudo isso.

 

4. Pastilhas adesivas

As pastilhas são indicadas especialmente para cozinhas. Se o seu imóvel é um pouco mais antigo, a probabilidade de que a cozinha seja praticamente toda branca é muito grande. No entanto, uma tendência que tem sido observada nos últimos anos é a presença de cores vivas nesses cômodos.

Para dar esse ar mais contemporâneo e, consequentemente, atrair mais interessados, colocar pastilhas adesivas na cozinha pode ser uma ótima solução.

 

5. Manutenção preventiva

Antes de disponibilizar o seu imóvel para locação, faça uma manutenção preventiva e realize todos os reparos necessários. Muitas vezes, os problemas não são muito aparentes, mas podem virar uma dor de cabeça no futuro. 

As melhorias no imóvel visam preservar a conservação do mesmo e evitar que ele deteriore com o uso a médio/longo prazo. Elas podem ser uma troca de telhas, reparos no encanamento, substituição do sistema elétrico, entre outros.

Todos esses são reparos essenciais para que a construção permaneça em boas condições de uso e permita a existência de moradores. Com isso, além de evitar danos ao imóvel e reclamações do inquilino, você também garante economia.

 

6. Limpeza

Por fim, mas não menos importante, não se esqueça de manter o imóvel sempre limpo. Afinal, o acúmulo de sujeira e poeira no local gera manchas e odores que podem afastar os inquilinos.

E você, o que achou dessas dicas? Está disposto a fazer uma reforma simples para alugar seu imóvel mais rapidamente? Caso tenha gostado do texto e quiser continuar recebendo este tipo de conteúdo, siga a Adriano Imóveis no Facebook e no Instagram!

Você pode gostar

tempo mínimo de aluguel

Existe tempo mínimo de aluguel para fechar um contrato?

seguro incêndio na locação

Seguro incêndio na locação: é obrigatório? E quem deve pagar?

como anunciar um imóvel

Saiba como anunciar um imóvel para alugar

visitas de aluguel na pandemia

Como têm sido as visitas de aluguel na pandemia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *