valor do aluguel

Quem decide o valor do aluguel: o proprietário ou a imobiliária?

Muitos são os fatores que devem ser levados em consideração quando o proprietário de um imóvel decide disponibilizar sua propriedade para ser alugada. É preciso escolher o tipo de inquilino que se quer, decidir se os móveis estarão inclusos e definir alguns dos detalhes de contrato. No entanto, o fator mais importante para todos os envolvidos na negociação é o valor do aluguel.

Afinal, o preço a ser pago sempre deve estar em um meio termo. Se ele for muito elevado, a chance de encontrar um locatário diminui. Se ele for muito reduzido, o proprietário não lucra tanto quanto deseja. A linha do valor do aluguel ideal é muito tênue, e deve-se ter bastante cuidado na hora de decidir quanto cobrar.

Mas, quando o proprietário conta com o intermédio de uma imobiliária, você já se perguntou quem decide o valor do aluguel? Esta é uma escolha do proprietário ou da imobiliária? No restante deste texto que a Adriano Imóveis preparou, nós respondemos a pergunta.

Continue a leitura e confira!

 

Como o valor do aluguel é calculado?

Antes de qualquer outra coisa, é fundamental entender como o valor do aluguel é calculado normalmente. Estima-se que, em média, o valor do aluguel de um imóvel é em torno de 0,4 a 1% do valor total do mesmo imóvel. Contudo, destacamos que este é apenas um ponto de partida; algumas outras características podem influenciar o valor, tornando-o mais baixo ou mais alto

Uma dessas características é a localização. Se o imóvel está bem localizado, em um local com muitos pontos de comércio e outros estabelecimentos convenientes à rotina, ele pode ter o aluguel um pouco mais alto. E o mesmo acontece na situação contrária; se ele estiver em um local ruim, o preço deve ser um pouco mais abaixo para continuar atraindo pessoas.

Outro ponto, similar ao anterior, é o preço cobrado por outros imóveis alugados na mesma região. O ideal é não fugir muito desse padrão. Por fim, leve em conta a inclusão de móveis. Se eles estiverem inclusos, o valor pode ser um pouco mais alto.

Em resumo, use o 0,4 a 1% como ponto de partida, considere a localização, compare com a vizinhança e considere a inclusão ou não de móveis. O valor base é obtido com a soma de todos esses fatores.

 

Afinal, quem decide o valor, o proprietário ou a imobiliária?

Chegamos à pergunta inicial: quem decide o valor do aluguel, o proprietário ou a imobiliária contratada? A verdade é que ambos devem ter voz ativa no processo. Todos os fatores que citamos acima podem ser atestados com muito mais facilidade por uma imobiliária. Afinal, é ela quem já tem uma vasta experiência no mercado. Além disso, pode ser que ela já seja a responsável por outros imóveis no mesmo bairro, o que aumenta o conhecimento do valor padrão.

Por outro lado, o proprietário não deve deixar de expor suas opiniões em momento algum. A imobiliária tem o julgamento técnico do que é melhor, mas as expectativas do dono devem ser alcançadas. No final das contas, é por isso que ele procurou a imobiliária e quer alugar seu imóvel.

Para se obter um número que esteja adequado, ao mesmo tempo, ao mercado e à vontade do proprietário, a decisão deve ser conjunta.

 

E você, já sabia quem decide o valor do aluguel e como este processo é feito? Nós estamos sempre produzindo conteúdo relacionado ao mercado imobiliário e tudo que ele envolve. Se quiser receber mais, acompanhe a Adriano Imóveis no Facebook e no Instagram!

Você pode gostar

orçamento mensal

Como definir um orçamento mensal de gastos com aluguel?

alugar ou financiar

Alugar ou financiar um imóvel: qual a melhor opção?

reformas que valorizam um imóvel

3 reformas que valorizam um imóvel

kitnet

Loft, flat, studio e kitnet: qual é a diferença?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *