vender imóvel financiado

Vender imóvel financiado: é possível? Como fazer?

Mesmo que tenha comprado sua casa ou apartamento através de um financiamento e ainda não tenha terminado de quitar o valor total, é possível que você queira vender o seu imóvel. Caso nunca tenha passado por isso, você já parou para pensar se existe uma maneira de vender imóvel financiado? Se sim, imagina como esse processo é feito? Neste texto, nós mostramos.

Na sequência, a Adriano Imóveis te mostra que, sim, é possível vender imóvel financiado e, por fim, ainda ensina os diferentes jeitos de realizar uma venda desse tipo. Se você tem um imóvel nessa situação e está pensando em vendê-lo, continue a leitura abaixo e saiba como você pode!

 

É possível vender imóvel financiado?

Como já citamos, você pode vender seu imóvel financiado. Todo o processo será um pouco mais complicado do que seria se suas dívidas já estivessem quitadas, mas não há nada que o impeça de realizar a venda. A grande diferença aqui é que seu banco também deve estar envolvido no processo, visto que, em tese, a propriedade é dele.

Quando um financiamento imobiliário é feito, você recebe um documento que é chamado de alienação fiduciária. É neste documento que se atesta que a propriedade está no nome da instituição que concedeu o financiamento — e que assim permanecerá até que a dívida seja quitada.

Na teoria, isso quer dizer que apenas o banco pode vender o imóvel. Na prática, o que isso realmente significa é que ele precisará fazer parte da venda, com a emissão de documentos e o recebimento da parcela do valor que pertence a ele.

 

Como vender imóvel financiado?

Existem duas formas de vender imóvel financiado: com o comprador pagando o valor à vista ou fazendo um novo financiamento. Abaixo, nós detalhamos os dois casos. Acompanhe:

 

Com pagamento à vista

Aqui, o processo é relativamente mais fácil. O atual proprietário deve entrar em contato com a instituição que concedeu o financiamento e comunicar que deseja quitar a dívida. O banco então emite um boleto com o valor que deve ser pago, incluindo taxas e juros. A pessoa que está comprando o imóvel concede este valor ao atual proprietário, que, por sua vez, paga o banco.

Depois que esse primeiro valor é pago — quitando a dívida existente com a instituição —, o banco transfere o imóvel para o proprietário. Encerrando a transação, o proprietário registra uma nova escritura pública de compra e venda e transfere o imóvel para o comprador, que paga o valor restante quando receber a escritura.

 

Com novo financiamento

Quando o comprador não paga o imóvel à vista, mas sim solicita um outro financiamento, o processo é um pouco mais complicado por envolver também o banco do comprador. Temos agora o proprietário, o banco do proprietário, o comprador e o banco do comprador.

De forma semelhante com o que acontece no caso anterior, a instituição calcula o valor que deve ser pago para quitar a dívida do proprietário. Junto disso, ele desenvolve um contrato de compra e venda que deve ser firmado por todos os envolvidos, incluindo o banco que irá fazer o novo financiamento para o comprador.

Esse contrato, então, é registrado no Cartório de Registro de Imóveis, permitindo que se dê a baixa do gravame, registre o novo financiamento e averbe a nova alienação fiduciária.

Com isso, tanto o proprietário quanto seu banco recebem seus valores vindos da instituição do comprador, e a dívida do imóvel passa a ser do comprador com o banco dele.

 

Ainda que os processos de vender imóvel financiado não sejam tão fáceis assim, eles ainda podem ser feitos. Já sabia de alguma dessas informações? O que achou do texto? Se tiver gostado e quiser continuar recebendo conteúdo, não deixe de seguir a Adriano Imóveis no Facebook e no Instagram!

Você pode gostar

orçamento mensal

Como definir um orçamento mensal de gastos com aluguel?

alugar ou financiar

Alugar ou financiar um imóvel: qual a melhor opção?

reformas que valorizam um imóvel

3 reformas que valorizam um imóvel

kitnet

Loft, flat, studio e kitnet: qual é a diferença?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *