vender ou alugar um imóvel

Vender ou alugar um imóvel: o que é melhor?

Muito mais que uma simples moradia, ter um imóvel também significa ter um investimento e uma enorme oportunidade de retorno. E esta espécie de retorno financeiro pode ser obtida de duas formas distintas: vender ou alugar um imóvel. Se você tem um imóvel, quer lucrar com ele e não sabe qual é a melhor alternativa, não se preocupe; no texto que você poderá ver na sequência, a Adriano Imóveis responde sua pergunta.

Abaixo, nós mostramos todos os aspectos envolvidos ao vender um imóvel, ao alugar um imóvel e, por fim, mostramos o que é melhor para cada caso. Continue a leitura e confira!

 

Vender um imóvel

Imóveis são bens de alto valor agregado e, portanto, são vendidos a valores bem elevados. É muito comum, inclusive, que investidores comprem imóveis apenas pensando em vendê- los posteriormente, depois que um tempo já tiver se passado e o imóvel estiver com o valor bem mais alto que o original de compra.

É o caso da compra de imóveis na planta, por exemplo. Quando o projeto está nessa fase e as obras nem começaram ainda, o preço para a compra do imóvel é muito menor, o que faz com que o lucro posterior em cima deles aumente consideravelmente.

A opção de vender ao invés de alugar um imóvel é especialmente boa para quem deseja ou precisa de uma grande quantidade de dinheiro, seja para pagar uma dívida ou investir em algum outro local — especialmente se você der a sorte de encontrar alguém que compre e pague todo o valor à vista.

 

Alugar um imóvel

Alugar um imóvel, por outro lado, proporciona um tipo diferente de lucro. Com o aluguel, se deixa de ganhar um montante elevado de dinheiro de uma vez só; ganhando, ao invés disso — valores bem menores a cada mês. Para quem não precisa de liquidez no momento, não deseja se desfazer de seu patrimônio e quer apenas ter ou aumentar sua renda mensal, essa é uma opção bem interessante.

Isso porque, ao mesmo tempo em que oferece um valor maior, com a venda ganha-se uma vez só. Com o aluguel, ganha-se todo mês; basta que ele esteja ocupado. Dependendo da quantidade de meses que ele passar alugado, é possível até mesmo que o valor lucrado do imóvel alugado seja maior que do vendido.

O único porém aqui são os eventuais investimentos. Quando o imóvel não estiver ocupado, certas despesas como condomínio e IPTU voltam a ser responsabilidade do proprietário. E isso sem falar, ainda, em eventuais pequenas reformas para receber novos inquilinos. Elas, em muitos casos, precisam ser feitas para que o imóvel tenha condições agradáveis.

 

E o que é melhor?

No final das contas, fica claro que a escolha entre vender ou alugar um imóvel irá depender de cada proprietário e de suas necessidades individuais. Quem quer valores maiores a curto prazo provavelmente optará pela venda, enquanto quem visualiza o longo prazo, mesmo com valores menores, deve preferir alugar um imóvel.

Independente da sua situação, é importante contar com os serviços de uma imobiliária. Se você continuar em dúvida, ela poderá avaliar seu caso específico e responder o que será melhor para você: vender ou alugar um imóvel. Entre em contato com a Adriano Imóveis e saiba um pouco mais sobre isso.

 

E caso tenha gostado do texto e queira receber mais, não deixe de nos seguir no Facebook e no Instagram!

Você pode gostar

orçamento mensal

Como definir um orçamento mensal de gastos com aluguel?

alugar ou financiar

Alugar ou financiar um imóvel: qual a melhor opção?

reformas que valorizam um imóvel

3 reformas que valorizam um imóvel

kitnet

Loft, flat, studio e kitnet: qual é a diferença?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *